Aconteceu dezembro há pouco…

DSC_0080_thumb.jpg

Sou alheia ao calendário – desde sempre… e geralmente me esqueço das festividades que percorrem a cidade, o país, o mundo e sua realidade particular…

O Natal, no entanto, cada vez chega mais cedo… com suas luzes piscantes e enfeites estranhos. Nesse ano… chegou em meados de outubro… com os muros das casas e fachadas de prédios cobertos por luzes e enfeites mirabolantes; mas há qualquer coisa estranha no ar… e eu não sei dizer se é no mundo ou se é apenas em mim…

As luzes da cidade parecem ser as mesmas dos outros anos… parece que não foram removidas, apenas acesas. As pessoas estão a exibir qualquer coisa de indiferença em seus gestos. Nem mesmo parece dezembro… nas revistas pipocam sugestões de como sobreviver as festas de fim de ano; apontam caminhos para os solitários e deprimidos, número que cresce assustadoramente de um ano para o outro…

Talvez qualquer coisa se acenda na última hora – quando a mesa estiver posta, a ceia pronta e as pessoas reunidas para a comilança…

Anúncios

4 comentários sobre “Aconteceu dezembro há pouco…

  1. Corintiano Voador disse:

    Malvada, você. Tinhosa também, lembrando os nossos Noéis todos encapotados de vermelho no calor do cão de dezembro. Também não faço questão do deus-menino, mas a festa era legal lá na infância, eu lembro. E era bom, apesar de. Nos atínhamos a coisas miúdas: presença de todos, comunhão, alegria. E eu gostava das missas-do-galo. Mas aí veio o golpe de estado dos Noéis, os encapotados de dezembro. Mas quando ouço a ladainha dos cristãos, reclamando que o natal perdeu sua razão de ser, sempre me recordo que o natal era originariamente a comemoração do nascimento de Mitra, o touro-branco do sol. Aí, me acalmo. Mas tinhosa, malvada, você. Feliz Dia-de-Mitra.

  2. Dulce Morais disse:

    Lunna,
    Gosto da magia desta época, mas não gosto da hipocrisia que muitas vezes a preenche. Quem crê celebra um evento único para a humanidade, mas acho que pintam este mês de muitos gestos que deveriam, na realidade, fazer parte do quotidiano e não só uma vez por ano…

    Beijinhos!

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s