Uma história… em alguns capítulos!

blogger recognition award

Enquanto a manhã acontecia… eu me movia pelos caminhos da cidade — de ônibus, como tanto gosto —  o que me permite ser completamente indiferente à realidade de sol-ruas-calçadas-e-pessoas.

Lia alguns blogues no reader e, curiosamente, os assuntos — em sua maioria — se repetiam, mudando apenas o ritmo e as palavras… numa narrativa que visava dividir com os leitores a experiência de ter um blogue… algo que me fez viajar no tempo e espaço.

Comecei a fazer uso dessa ferramenta no ano de dois mil e dois, motivada por um amigo-parceiro-de-vida… que era uma dessas pessoas que a vida nos apresenta e você leva consigo por aí… e como minhas escolhas —  naqueles dias —  me levou para longe dele… passei a usar o blogue como caixa de correspondência… já que nós dois tínhamos o hábito de trocar missivas desde a juventude.

Os assuntos não se esgotavam… se renovando numa frequencia incomum e isso fez o "menina no sótão" —  meu primeiro blogue —  ir de zero a cem em pouco tempo.

Contudo, um problema no bom e velho blogger deletou todo o conteúdo que, só não se perdeu porque recebi  uma enorme ajuda de alguns blogueiros-leitores-que-se-tornaram-amigos… na época. Mas, eu quase desisti desse universo.

Acontece que, existem alguns verbos que eu não sei conjugar: desistir, bagunçar… porque eu simplesmente não consigo existir dentro deles.

Abri uma conta aqui no wordpress… e dei início a um novo blogue, depois outro e outro até que me desanimei com os excessos de blogues existentes e resolvi fazer uma pausa… que durou dois anos.

Em dois mil e treze surgiu Catarina — essa personagem insana — meu alterego…