Abril é o mais cruel dos meses

Abril é o mais cruel dos meses, germina
Lilases da terra morta, mistura
Memória e desejo, aviva
Agônicas raízes com a chuva da primavera

T.S.Eliot

 celular-lunna-0891.jpg

>> ao som de Sir. Elton…

…escolhi a mesa do canto — ao fundo — longe de todas as coisas do mundo. Queria folhear meus “abrils” passados… recordar! Mas só fui capaz de enxergar saudades.

Que mês mais estranho esse… primavera de um lado, outono do outro… e eu pelo caminho — a navegar (?). Nem aqui e muito menos lá… há flores nos bosques da minha existência mais antiga.

Minha alma em suspenso passa uma a uma… as páginas da minha memória, enquanto a boca recita o poema de Eliot que trago tatuado na pele: “abril é o mais cruel dos meses“… um verso-frase que assusta quem o lê, sem sabê-lo parte de um poema completo-inteiro-intenso. Eliot tinha seus motivos para cantar Abril como sendo cruel.

Eu, por outro lado, não saberia como defini-lo… disse há pouco que se trata de um mês estranho, mas falava mesmo da situação do momento: em que meu passo acontece entre mundos-realidades-vazios. O mês em si nunca fez parte de mim… passo por ele a caminho de maio — o mês das trovoadas… da mesma forma que o Comboio passa pelas Estações até o seu destino final…

Hoje soube que Abril é o mês de mais alguém… são trinta dias… trinta vidas — ou mais… e eu sou apenas ‘um pássaro solto na solidão do ar’.

As memórias começam a falhar… fecho o livro da minha história… para apreciar o chá de morangos que acaba de pousar sobre a mesa. Exibo um sorriso, uma fala amena e observo a fumaça que saí da xícara e concluo: é Abril… e março é como uma folha de papel que as mãos amassa. Acabou… como todas as coisas se acabam, para outras começarem.

Abril começou, mas depois de amanhã… outro ponto final será inserido nesse capítulo de vida!

Anúncios

11 comentários sobre “Abril é o mais cruel dos meses

  1. Lua Nova disse:

    Eu comecei a ler o senhor Eliot por sua causa e juro que, às vezes, me pergunto aqui comigo porque certos poetas tem essa mania de denominar os dias, os meses. O seu Mário de Andrade citou abril em algma de suas poesais. Emily Dickinson falava de novembro que para ela era os dias de ouro. Alguns poetas falam de dezembro. Acho curioso.
    Que abril seja cruel porque de coisas amenas eu anda cansada. Vamos aterrorizar abril.
    beijokas

  2. Mariana Gouveia disse:

    Quando abril acontece me lembro dos lilases. Uma vez, sonhei com um campo de lavanda. Era algum lugar que eu conhecia, mas nunca estive – fisicamente nessa vida – e havia uma delícia de cores e sons.
    Acho que eu já sabia esse texto seu antes dele acontecer. É essa a sensação que sinto agora.
    Grazie
    bacio

    • Lunna Guedes disse:

      Amo campos de lavandas, minha cara… agora mesmo fechei os olhos e viajei através de certos tons.
      Acho que nos falamos, enquanto eu escrevia, não? rs

      bacio e que seu abril seja “terrível” e o meu também…

  3. Dario Banas disse:

    Assim como Catarina, eu também gosto das mesas de canto, ao fundo, por poder observar a tudo em torno. Algum resquício de uma encarnação felina, quiçá. Já o meu abril vai passar sem lilases, mas já mostrou a rica paleta dos tons das folhas que vão caindo. Serão elas capazes de me soterrar? Será mesmo Abril, assim cruel?

  4. Corintiano Voador disse:

    Toda vez que você fala em Eliot eu lembro do seu Old Possum’s Book of Practical Cats. Já virou mania, eu associar o seu blog com o livro e com o musical. Vá lá saber por que. Mas é automático e sempre me vêm as músicas também, principalmente “Bustopher Jones” e “Old Deuteronomy”. Releve, fico cada vez mais velho e cheio de manias. Em tempo: gosto das cores de abril. Me parecem um divisor de águas, como se ali o ano começasse. Mais manias. Abraço.

  5. Darlene R. Faria disse:

    Teu texto está cativante como sempre! Preciso urgentemente ler Eliot! Pena que na biblioteca da minha cidade não tem e eu realmente não consigo me habituar a ler muitas horas no computador. Terei que comprar um livro dele mais dia menos dia – Qual você me indicaria?

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s