Baseado em fatos reais…

baseado em fatos reais

Aproveitei a noite-fria-gostosa de sábado para ir ao cinema… e assistir ao novo filme de Polasnki — diretor dos filmes: Bebê de Rosemary e O Pianista.

baseado em fatos reais nos apresenta Delphine Dayrieux,  uma escritora que acaba de lançar seu livro e se vê as voltas com o sucesso… que lhe obriga a incontáveis compromissos de lugares-pessoas-cenários. Lançar um livro é o ponta pé inicial para todo tipo de atividades, que a maioria dos autores quer rejeitar. Mas, não pode. Principalmente em tempos contemporâneos, que transformou o autor no personagem principal e o livro em mero coadjuvante.

E o que temos em cena e uma mulher-escritora em crise no auge de seu sucesso. Tudo que ela deseja é sentar e escrever… justamente o que não consegue fazer, porque precisa se fazer presente em cenários cheios e responder perguntas como: ‘onde você buscou inspiração para escrever esse livro?‘ — a resposta está no título do filme, afinal, é  para onde todo escritor se volta em busca de inspiração: na vida real.

É dentro de si que tudo começa-acontece. O autor escreve por dentro, na própria pele a partir do que guarda do mundo que devora-consome diariamente. Seu primeiro elemento são suas memórias — reais ou inventadas. É com isso que o filme brinca-delira-joga. Essa linha muito fina entre o real e o que não é real — essa fronteira para a loucura.

Delphine conhece Elle… uma mulher misteriosa, interessante, que desde a sua aparição em cena, está sempre dentro dos olhos da protagonista. E, de tão próximas, chegam a se misturar e ser uma mesma pessoa. Dona de um sorriso enigmático… Elle não demora a se mostrar útil-necessária. Um perigo… que a Delphine escolhe saborear em pequenos goles.

Temos duas escritoras em cena… uma conhecida-famosa a viver seus conflitos-turbulências. E, a outra… uma ilustre desconhecida, que escreve para que os outros sejam o que ela nunca será. Eis o elemento novo da trama: a farsa.

Todo escritor teme essa palavra. Porque ser-escritor é condição de momento. Enquanto se escreve você sabe o que é… quando a escrita cessa… o que se é? Existem muitos autores de um único livro e centenas e milhares de escritores de gavetas.

Delphine até conhecer Elle estava a sorver o medo de nunca mais voltar a tecer palavra. Encarava a figura fria da página em branco do Word. Se desconcentrava com e-mails, telefonemas, sonhos, eventos. Tudo era… e não era. Mas, ao se permitir a presença de Elle, tudo ganhava novo sentido-significado, e ela encontra a inspiração que tanto precisa.

Refeita-e-renovada… Delphine volta a escrever sobre… essa outra que habita a sua própria pele. E conforme os fatos nos levam de encontro ao lançamento de seu novo best seller… fica impossível não lembrar Fernando Pessoa e sua frase provocativa: ‘primeiro estranha-se, depois entranha-se’.


 

beda

Anúncios

5 comentários sobre “Baseado em fatos reais…

  1. Mariana Gouveia abril 15, 2018 / 21:15

    Estou enjaulada dentro dos “Corredores” e a frase: “Essa linha muito fina entre o real e o que não é real — essa fronteira para a loucura” me puxa das linhas ainda por escrever…

    Alguma loucura está em voar sem ter asas….

  2. obduliono abril 16, 2018 / 11:19

    Creio que, ao devorarmos o mundo, ao nos alimentarmos de seu espírito, ele nos consome a identidade. A ponto de não nos reconhecermos mais. Talvez, de forma transversa, nos estranhemos e, depois, nos entranhemos…

  3. claudialeonardi abril 28, 2018 / 19:39

    Caríssima
    Estou doida para assistir este filme, agora mais ainda
    Bacio

  4. Fernanda Akemi Pedotte agosto 17, 2018 / 20:09

    Olá!!

    Eu assisti esse filme por esses dias e gostei muito!
    Adorei vê-lo por aqui e Fernando Pessoa deu a melhor definição: ‘primeiro estranha-se, depois entranha-se’.

    Bacio

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s