Os dias de julho…

dias de julho

“e ao anoitecer adquires nome de ilha ou de vulcão
deixas viver sobre a pele uma criança de lume
e na fria lava da noite ensinas ao corpo
a paciência o amor o abandono das palavras
o silêncio… e a difícil arte da melancolia”
al berto


 

…eu não me lembro de ter escrito — em momento algum — meia dúzia de frases sobre o mês de Julho e seus trinta e um dias. Revirei a minha mente-diários-notas-mentais… fiz avesso da minha matéria: e, nada!

…o mês de julho sempre foi o tempo de estar do lado de fora da pele-casa-casca… fazer as malas e partir. Por o cuore nos trilhos…os olhos à janela e a alma a vagar desatenta pelos vilarejos. Era o tempo das pausas, de desacelerar e se aventurar por dias dourados de nada-tudo fazer…

Eu costumava levar um ou dois livros comigo. Mas, os cadernos ficavam guardados-esquecidos no fundo de alguma gaveta para depois do verão.

Não aprendi a fazer malas… por mais que C., tenha tentando me ensinar. Ela tinha uma invejável técnica… sabia com absurda precisão tudo que iria precisar durante o verão. Eu sempre fui seu contrário nisso também… partia levando comigo a sensação que me acompanha até hoje: “eu sinto que estou a esquecer alguma coisa”.

 

E os seus dias de julho, como eram?

Anúncios

10 comentários sobre “Os dias de julho…

  1. obduliono julho 2, 2018 / 15:23

    Quando moço, meus julhos eram de juras de férias e bem estar. Hoje, são de juros e acelerar…

  2. Retipatia julho 2, 2018 / 17:31

    Faz tempo que meus dias de julho não são mais sinônimos de descanso e diversão. A vida quis brincar de crescer e ter responsabilidades e, daí, parte da graça ficou lá atrás, só na memória. Mas é engraçado como algumas coisas, julho é sinônimo de mês de férias até hoje. Como se eu tivesse direito a férias todos os meses de julho e alguém estivesse me negando esse direito intrínseco que meu ser tanto anseia… rsrsrs
    Talvez seja assim mesmo, mas ultimamente tudo que faço no mês de julho é esperar que faça mais frio que eu junho e cantarolar Winter in July da Sarah Brightman, que faz mais sentido a cada ano que passa…
    xoxo

    p.s.: ia dizer que adorei o texto, sua pausa reflexiva julina, mas estou tentando evitar as repetições… rsrsrs

  3. Cilene Mansini julho 2, 2018 / 20:29

    Essa foto me lembrou os ônibus que eu pegava no mês de julho junto com os primos para curtir as férias de julho na casa de outros primos. A família era assim, grande e festeira, então saíamos em bando pra casa de um ou pra casa de outro. Tínhamos as casa favoritas, a da tia Neide e a da Tia Lourdes e do lado deles a minha era a favorita. Todos adoravam a minha mãe e meu pai, era sempre dia de festa em casa. Agora julho é um mês que falta frio, e de resto segue normal, sem férias e com trabalho normal na vida nova de gente grande. Mas mesmo assim, ainda é meu mês favorito, Beijos

  4. Pedagogia Criativa julho 3, 2018 / 0:30

    Me identifiquei com esta sensação de estar esquecendo alguma coisa e também com o fato de não ter aprendido a arrumar as malas.
    É maravilhoso viajar e tentar descansar da correria da rotina, mas às vezes a rotina e a cobrança ficam tão incutidas em nós que ao tentar fugir um pouco, a cabeça fica presa nos deveres que deveríamos ter cumprido melhor e não conseguimos. Mas o importante é aprender a aproveitar cada momento e fazer com que ele seja o melhor possível, não é mesmo?
    Abraços! ❤

  5. Patricia Monteiro julho 7, 2018 / 18:51

    Julho é um dos meses que mais gosto, aqui é tempo de inverno, então nessa época sempre me vem à mente a sensação de introspecção, reserva, aconchego e uma certa dose de melancolia. Mas é uma melancolia bonita, como os dias nublados e cinzentos de julho.

  6. Mariana Gouveia julho 7, 2018 / 20:14

    meus dias de julho sempre foram de vivência, agradecer e esperança…

  7. claudialeonardi julho 9, 2018 / 18:14

    Carissima
    Mesmo não tirando férias em julho, me permito desacelerar…
    Os filhos em férias trazem o ritmo mais lento, sem despertador, pelo menos para eles…e eu vou no embalo
    Aprendi a viajar mais leve. Na mais recente, fui só com uma mala de mão e fiquei bem feliz com meu progresso. Só não economizo nos livros…levo menos roupas, mas eles vão comigo…sempre
    Bacio

  8. Juliana Sales julho 14, 2018 / 17:27

    Julho é um mês meio indefinido pra mim. Quando criança era tempo de férias, ficar assistindo desenho no sofá enrolada nas cobertas. Quando adolescente ainda era época de descanso, e me lembro bastante de passar os dias na casa de uma amiga cujos pais, muito festeiros, sempre reuniam muita gente em casa e sempre tinha muita comida boa. Na faculdade era só uma época de descanso mesmo, mas nunca era o mês todo, eram férias mais curtas. Depois de adulta, férias em julho não existe mais. E aí fica uma sensação de indefinição como se o mês estivesse deslocado de sua função, não sei explicar bem… Amo como seus textos sempre nos proporcionam uma reflexão interessante. Pra mim que vivo pensando e repensando e relembrando é uma experiência incrível!

  9. Luana Souza julho 14, 2018 / 20:06

    Que texto mais lindo, moça. Devo soar repetitiva, mas é que amo o modo como você escreve, a simplicidade das palavras!

    Julho sempre foi um dos meus meses preferidos, tanto por estar mais frios, quanto por eu estar de férias e poder viajar, relaxar, tirar um tempo para mim. Nesse ano não está sendo diferente: estou lendo, sempre acompanhada de uma xícara de chá, e tentando não pensar muito em tantas coisas!

    beijos.

  10. Fernanda Akemi julho 21, 2018 / 9:04

    Oie!!

    Que texto lindo!!
    Meus dias de julho, ou melhor as férias em família, eram exatamente assim e principalmente, lembro até hoje dessa sensação de estar esquecendo alguma coisa. Isso era regra!
    Mas ficaram para trás, como muitas coisas, infelizmente. Hoje é um mês como todos os outros, mas a saudade e as lembranças sempre ficam.
    Amo seus textos, Lunna!

    Bacio

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s