10 coisas que eu diria para Lunna de 15 anos

cropped-reallity.jpg

escolho a música. o momento do domingo. chove lá fora. a tarde se perdeu dos meus olhos pouco depois das quatro. vento forte. pesadas nuvens… pedi um copo de latte. observei as pessoas em seus movimentos miméticos. guarda-chuvas a proteger-lhes a cabeça. me lembrei de Alice e a Rainha Vermelha… e de mim mesma nesse tempo outro — ontem. me distraio com o refrão — I fell it now / much harder than I´ve ever done now, now / Hey, I´m gonna do the right thing — os fones nos ouvidos, o sofá e um livro em mãos. O que dizer a essa menina que nunca gostou da realidade e sempre preferiu se fechar em páginas?
.


.

1. A essa altura você já percebeu que a vida é impermanência e tudo muda de maneira definitiva de tempos em tempos…

2. Não tente ser adulta, isso não irá funcionar com você…

3. Infelizmente o mundo não vai acabar no ano 2000, em 2012 tampouco… e a população mundial só faz aumentar.

4. Sabe aquele seu plano de vida: ter um apartamento, um cachorro, um monte de livros e ser totalmente sozinha? Tudo isso mudou… de uma maneira inesperada.

5. Você continua a ter preferência por cães…

6. Você finalmente concluiu que as pessoas são a sua melhor matéria prima… e tem feito bom uso disso. A maioria se revolta e te odeia o que faz você sorrir e tocar uma guitarra imaginária…

7. Pouca coisa mudou: a paciência ainda é curta e você ainda sorri quando ouve argumentos pouco convincentes e ergue sobrancelha esquerda. Continuam a te achar inteligente e você continua a discordar.

8. Você ainda não conseguiu ler todos os livros que pretendia, mas isso já não te incomoda, porque há muitos livros que você não faz questão alguma de ler.

9. O silêncio segue sendo o seu melhor amigo…

10. Pelo que eu te conheço, você não se daria ao trabalho de ler uma única linha e se fosse um pedaço de papel em suas mãos… já o teria amassado apenas para ouvir o som do papel e depois realizado um arremesso perfeito e dito “yesssssssssss”… afinal, o futuro nunca te interessou. E, isso não mudou…

.


.

coletiva

Publicado por Lunna Guedes

lunnaguedes... sagitariana. degustadora de cafés. uma flecha em voo rasante. colecionadora de silêncios. não gosta de fazer compras. detesta dias de sol. ama dias de chuva. não aprecia o verão tropical. ama o outono em qualquer lugar. escreve por escrever somente. seu único compromisso é com seus abismos, onde salta para sentir a sensação de queda, sem pouso. adestradora de pretéritos e desafiadora de futuros... a direção na qual a ponta do grafite avança. sabe que seus escritos são obras inacabados... nunca prontos. ponto final é uma coisa incompreensível. gosta de vírgulas e exclamações.

9 comentários em “10 coisas que eu diria para Lunna de 15 anos

  1. Adorei o texto. To tentando ser adulto até hoje e nada. Sabe que me assusto quando penso que não sou tão diferente (na essência) do Daniel de 15? O nº 7 me assustou de tão eu que poderia ser, sendo que é a direita rs.

    bacio

  2. Eu sempre me interessava pelo futuro, ficava fazendo planos, e sonhando…Hoje vejo que muitos dos sonhos consegui realizar, outros, foram esquecidos…Também tenho preferências por cães…(algo em comum, rs…) E realmente me incomoda saber que não conseguirei ler tudo o que quero, talvez nem todos da minha estante…Mas a vida segue, um passo de cada vez, ( as vezes, uns pulos), e errando e aprendendo a menina de quinze se transformou na mulher de quarenta…
    Abraços

  3. Que post delicioso, me fez voltar no tempo e reencontrar a Patricia de 15 anos, como eu era diferente! Me identifiquei com o “não tente ser adulta”, nessa idade minha vontade era chegar logo nos 18 para finalmente ser “adulta” (ilusões da adolescência). Ainda bem que a luz da criança que mora em mim nunca se apagou. Bjs Lunna, tenha uma ótima semana!

  4. Que post maravilhoso, Lunna!
    Sabe, se fosse até o ano passado eu adoraria falar com a minha eu do passado. Mas hoje em dia eu não penso mais nisso, pois passei a acreditar que o modo como eu era há uns anos atrás influenciou totalmente em como sou hoje. E eu meio que gosto de como sou hoje… Mas, supondo que não interferira em nada, eu daria vários conselhos para “mim”, mas o principal deles seria: pare de achar que todas as pessoas do mundo são horríveis, porque não são 🙂

  5. Lunna! Que post mais lindo!!
    Eu achei tão legal esse tema e infelizmente, por problemas de última hora, não consegui participar.
    Gostei muito de saber o que diria e diz tanto…

    Bacio

  6. Ficou lindo, bem personalizado para a Lunna Guedes de 15 anos. Eu teria uma lista gigantesca para falar para o Gustavo de 15 anos, mas muita coisa seria um pouquinho desagradável, portanto resolvi deixar quieto. Seria muita frustração. rsrsss

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: