O que ando a ler

Ah, o outono… finalmente aconteceu e com ele, todas as coisas que se sentem neste tempo de cores quentes. Eu sou uma eterna apaixonada por esse tempo de interiores…
A estações são coisas da alma-pele, não de calendários, tampouco de previsões de tempo que, insistem em anunciar a chegada e a partida… como se fosse uma viagem-de-férias planejada com cuidado prévio.
O outono segundo a Maju, começou lá em Março…e todo mundo se apressou. Vitrines de outono. Moda de Outono. Hábitos de Outono. Mas não… o signore Outono — autunno em italiano, embora eu prefira o Fall do inglês fall of the leaf — chegou mesmo no final de maio e adentrou junho com seus tons aconchegantes. Final de tarde alaranjados… dias nublados e noites frias. Mantas para os pés, taças de brindes tardios e xícaras aquecidas para as mãos…
O outono é aquele tempo de dentro… um fechar-se em conchas. Um minuto a mais para se aproveitar os aromas. O dia que se acaba mais cedo. As horas que não fogem apressadas pelos ponteiros e as páginas que se viram com um toque menos impetuoso. A gente se permite acompanhar o cair da luz, da tarde, da realidade, de todas as coisas-causas.
São os meus barômetros… as medidas que realmente valem e é justamente disso que fala o livro silêncio — no tempo do ruído, de Erling Kagge… da necessidade de se calar para ouvir os sons de dentro. O cuore… nosso verdadeiro carrilhão — regido por Kairos —, que badala os momentos todos: vividos inteiros ou pela metade, a beira do abismo ou pronto para o salto…
E o autor divide com o leitor toda a sua busca… narra os lugares onde esteve, as experiências vividas e a descoberta definitiva: o silêncio não é partida… é chegada — exatamente como o outono que não pontua o depois e sim o agora. Nenhum calendário é capaz de datar, mas o corpo sabe exatamente como marcar-pontuar!

Anúncios

10 comentários sobre “O que ando a ler

  1. Leitura Enigmática disse:

    Gosto e não gosto do outono. Gosto porque ele deixa os dias agradáveis com um por do sol lindo. O ruim é que ele anuncia o inverno que está por chegar e eu não curto essa estação de forma alguma!!!

  2. Fê Akemi disse:

    “O outono é aquele tempo de dentro… um fechar-se em conchas”
    Sou apaixonada por essa estação do ano!! Aquela que mais me encaixo e identifico!! Por mim poderia ser sempre outono… por dentro… por fora.
    Amei!!

    Bacio!

    • Patricia Monteiro disse:

      Adorei a definição do outono como “tempo de interiores”, é essa sensação que essa estação me passa: aconchego, mergulhar dentro de si mesmo, introspecção. O inverno é minha época do ano favorita, mas não deixo de admirar o charme outonal.

  3. Juliana Sales disse:

    Ah, o outono, minha época preferida do ano! Viveria eternamente nele se possível. Meus dias tem sido mais felizes e aconchegantes só por conta dessa aura que esse tempo trás. Quanto as minhas leituras…tenho relido muito Agatha Christie, que para mim é como visitar um velha amiga, me sinto em casa, justamente como me sinto agora no outono, então acho uma bela combinação. Mas, infelizmente, acho que vou precisar deixar um pouco a ficção de lado, porque tenho muita coisa técnica e também relacionada ao meu blog que preciso/quero ler.

  4. daniel de castro souza disse:

    Ahh o outono … sempre fui mais feliz em dias nublados, seja praticando meus esportes, seja sentado em uma varanda, olhando para as ondas geralmente mais inquietas, até o vento gosta mais de cantar nessa estação. Embolado em um pano bebendo algo quente … amo essa romântica estação, que para sorte de quem a ama não respeita cronologia ou datas.

  5. Ana Claudia disse:

    Moro na região serrana do Rio, em Nova Friburgo. Sendo de “terra quente”, como dizem por aqui, eu tenho certa dificuldade para lidar com frio, sair para trabalhar… mas se eu ficar em casa… ahhhh! A solução para isso é o café e um bom livro! Não tem companhia melhor! aí sim, digo que adapto com facilidade!
    Beijos!

  6. Garoto de Outro Planeta disse:

    Acho interessante como o nosso humor muda de estação para estação. Você retratou bem isso no seu texto.

    Eu sinto que fico mais recolhido e retraído no Outono e Inverso, saio menos, faço coisas mais sozinho. Etc.

  7. Luana Souza disse:

    Meu humor melhorou demais desde que o outono chegou, embora minha estação favorita ainda seja o inverno (ou o que as pessoas chamam de inverno, mas na verdade só são alguns dias frios!). Sei que se eu morasse num lugar onde sempre é frio eu seria muito mais feliz e motivada. Isso é algo muito real pra mim. De qualquer forma, só o fato de não estar mais aquele calor escaldante do começo do ano já me deixa feliz, e mais animada para ler também 🙂

  8. Ale Helga disse:

    Chegou o tempo do chá!!! Bolachinhas!!! Cafés…Tudo fica melhor… Amo esse tempo…O sofá vira meu fiel amigo…
    Abraços e um lindo outono para nós

Deixe uma resposta para Ana Claudia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s