19 | as receitas da minha rotina!

Sempre que alguém diz não gostar de rotinas me dá vontade de fazer bolos! Não importa onde eu esteja… porque não há nada que se possa alterar ali. A base é previsível como uma rotina. E, eu, ao contrário das pessoas que vivem suas vidas por aí — sem dar pela repetição de seus movimentos articulados — gosto imenso de rotinas, que eu chamo de rituais.
As pessoas falam de rotinas sem muito pensar… repetem-se sem respiração prévia. Dizem e pronto: “não gosto de rotinas”… e pronto, nem pensam no significado da palavra em suas realidades.
Receitas de bolo levam trigo, ovos que precisam ter as gemas separadas das claras, açúcar, óleo e um ingrediente para dar sabor, de acordo com o gosto particular de quem o prepara: chocolate, lascas de baunilha, fubá, coco…
A rotina é tão nós, nossa… e acontece aos poucos.
Eu gosto imenso de acordar pela manhã, observar os cenários, sacar um livro de poesias da prateleira… observar a luz da manhã e ouvir o som rouco da cafeteira. Sentir o aroma do café perfumar a cozinha-sala-quarto-banheiro e bebericar pequenos goles, enquanto degusto de certas pessoas-personagens. Tomar um banho, vestir roupas novas, ir às ruas para caminhar calçadas e chegar ao meu lugar favorito, na cidade — um café entre esquinas, onde me ajeito para os escritos meus ou alheios.
As rotinas tem qualquer coisa de extraordinário… nos permite observar como as coisas acontecem, apreciar seus curiosos processos e notar como os dias se sucedem uns aos outros. O que somos e, principalmente, o que deixamos de ser.
Há dias em que prefiro um bolo de fubá — que me leva de volta para casa quando os quadradinhos eram levados à mesa, no final da tarde. Mio babinno os guardava dentro de uma lata. Preparava-o na noite de domingo para durar até a quarta. Há dias, no entanto, em que prefiro o bolo de laranja — que me leva de encontro aos meus primeiros dias em São Paulo, quando dividia espaço com uma amiga. Comprava laranjas no mercadinho de bairro — que vendia de tudo, inclusive frutas. Mas, as laranjas eram as únicas que me convenciam a levá-las. Preparava o bolo nas noites de quinta — como se colocasse também a minha vida na vasilha e batesse tudo de uma só vez, até acontecer aquela massa bem lisa-uniforme e estufada pelo fermento. Depois, era só levar ao forno e aguardar — quarenta e cinco minutos — para ver acontecer a magia boa de um bolo gostoso que reúne tudo que sou…

Fugir ou quebrar a rotina?
Só se for para mudar o dia de fazer bolo!
…bolo mesclado às segundas, com nuvens no céu e xícara de chá quente! Perfeito… para começar bem a semana, preservar os rituais e mudar a rotina diária por aqui. rs

14 comentários sobre “19 | as receitas da minha rotina!

  1. Ane Carol agosto 19, 2019 / 20:12

    Acredito que cada um tem sua rotina, até aquele que lutam para fugir de uma. Gostei da forma que você abordou o tema. Tenho que admitir que cheguei ao final querendo um pedaço de bolo recém saído do forno, daqueles que trazem consigo o gosto da infância.

  2. sobrealeitura agosto 19, 2019 / 20:51

    Que delícia de post!
    Senti o cheirinho de bolo no forno fresquinho daqui.
    Acho incrível essa coisa da memória afetiva estar associada com a memória gustativa.
    Nada melhor que comer algo e lembrar de algum momento…

    Bacio,
    Amanda Rocha

  3. Rubyane agosto 19, 2019 / 22:05

    Deu vontade de comer bolo agora kkk
    Particularmente eu adoro rotinas. Na verdade, não gosto de surpresas, então se vou ter que fazer algo, gosto de já estar sabendo disso com antecedência, então por isso gosto de ter uma rotina kkk
    Seu texto está ótimo! Muito gostoso de se ler.

  4. Tatiane Carneiro de Souza agosto 20, 2019 / 13:30

    Olá ♥
    Primeiramente eu amei a foto do post ♥
    Eu gosto da rotina e nunca tinha pensado nela como uma receita de bolo, fez muito sentindo kkkkk…..
    Muito bom quando um bolo traz lembranças.
    Já vou preparar um por aqui 🙂
    Bjo

  5. Denise Amaro agosto 20, 2019 / 15:05

    hmmmmm que vontade de comer um bolo quentinho agora ❤
    Acredito que a questão quando falam que não gostam da rotina é sobre estar cansada de muitas coisas que fazemos por obrigação mesmo. Existe vários tipos de rotina e muita gente ama algumas e outros odeiam enfimm, amei mais uma reflexão sua ❤

  6. Imprevistos Musicais agosto 20, 2019 / 17:20

    Eu, definitivamente, era uma dessas pessoas que falavam que não gostavam de rotina. Até eu perceber que não é algo ruim, e sim o que me ajuda muito a realizar todas as pequenas coisas que me são importantes. Amei teu texto! É um ótimo jeito de olhar para a rotina haha

  7. pausaparaconversa agosto 20, 2019 / 17:35

    Toda rotina tem algo de reconfortante que só percebemos o quanto faz falta, quando saímos dela. Reclamo da minha, mas quando acontece algo que me tira dela eu fico desesperada rs

  8. denise barbosa agosto 20, 2019 / 17:48

    eu amo bolo haha, mais acho que cada um tem uma rotina, a minha por sinal e bem bagunçada
    to tentando melhorar

  9. Rafaela Silva agosto 20, 2019 / 23:15

    Ah que texto mais lindo. Acredita que eu não gostava de rotinas? Hoje eu amo! É como falou, a gente passa a aproveitar cada coisinha, por pequena que for, nós valorizamos mais pois não temos pressa.

  10. Anne Ferreira agosto 21, 2019 / 5:58

    O que me incomoda nas rotinas é fazer exatamente a mesma coisa todos os dias e pelo dia inteiro. Mas tem coisas que eu não abro mao de ter uma rotina mas procuro sempre inovar todos os dias.
    Beijos
    http://www.anneferreirablog.com

  11. Joana Darc agosto 21, 2019 / 8:53

    oi!
    Hoje em dia todo mundo tem uma rotina para seguir, seja em casa ou no trabalho ela ja faz parte de nossas vidas. Eu adoro bolo de fubá 😉

  12. jddesigneweb agosto 22, 2019 / 9:06

    Os que fogem da rotina, são as pessoas mais perdidas e emocionalmente sensíveis, eu já fiz um post no blog como ser mais produtivo e nele incluia criar uma rotina, msm que mude nos outros dias, precisamos disso para viver melhor – June Damasceno

  13. Malu Silva agosto 22, 2019 / 10:35

    Que amorzinho esse post ❤ A minha rotina é fazer sempre um cafézinho de manhã e ler pelo menos um capítulo de um livro. Mas seu post me deixou afim de fazer bolo mais vezes também! Semana passada fiz um de laranja e ficou top ❤

  14. Mariana Gouveia setembro 1, 2019 / 19:30

    ai, ai!! E a carinha da Jane! Saudades demais desse bolo!

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s