Theatro Municipal de São Paulo 

Fotografia recente, tirada de dentro de um Trólebus

Um dos mais importantes Theatros do país foi construído porque o outro teatro da cidade — o São José — foi totalmente destruído por um incêndio, no ano de 1898.  O projeto ficou nas mãos do ilustre Ramos de Azevedo e dos italianos Cláudio e Domiziano Rossi. A construção teve início em 1903 e durou 8 anos, sendo entregue em 12 de setembro de 1911… para uma multidão de 20 mil pessoas.

O Theatro passou por três grandes reformas. Sendo a terceira e última a mais complexa e importante. O edifício — que carecia de cuidados há tempos — foi todo recuperado e o palco modernizado. Mais de 14 mil vidros que compõem os vitrais foram recuperados, pinturas foram resgatadas.

Mas eu temi ao me deparar com a interminável obra que o Theatro não fosse reaberto. As obras públicas em São Paulo incorrem em atrasos e novos custos para os cofres públicos. Não é raro ver reformas paradas-interrompidas e nunca concluídas. Basta andar pela cidade para ver o descaso com o patrimônio público, principalmente quanto o prédio está relacionado ao universo da Arte.

O Theatro tem muitos detalhes interessantes… os meus favoritos são as seis esculturas de bronze espalhadas pelo edifício e divididos em dois grupos escultóricos principais intitulados: “A música” e “O Drama”. Há duas esculturas de Atlantes em arenito e 4 bustos de mármore branco distribuídos nas fachadas laterais que representam musas gregas: Euterpe (poesia lírica e música), Thalia (comédia), Melpoméne (tragédia) e Terpsichore (dança).

Em 2019 o Theatro foi palco de uma sonora discussão — insossa — ao abrir as portas para Emicida e seus convidados no show AmarElo que pode ser visto na netflix. Houve quem defendesse que ali não era o palco certo para “esse tipo de arte”. Com certeza era o melhor dos palcos e os deuses da Arte devem ter aplaudido e se emocionado tanto quanto eu… Foi lindo!

Publicado por Lunna

É sagitariana... degustadora de café. Figura canina e uma típica observadora de pássaros. Paciência lhe falta desde a infância. Mas sobra-lhe sarcasmos para todas as coisas da vida que fazem mais barulhos que cigarras nos troncos das árvores. Aprecia o silêncio e falas cheias. As que se repetem com facilidade de boca em boca despreza... Lacaniana por opção.... E completamente apaixonada por mulheres que usam a escrita como uma navalha afiada que corta enquanto é carne. Escreve à noite e reescreve pelas manhãs. Gosta de calçadas e corujas. Anda sozinha ou acompanhada, tudo depende da fase... minguante é a sua preferida!

4 comentários em “Theatro Municipal de São Paulo 

  1. Ah, que momento. Me arrepiei ao ver aqui. Foi um marco e muito significativo e concordo com você. É o melhor dos palcos. Quanto ao reforma necessária, ainda bem que foi concluída, apesar dos atrasos. Eu tinha visto uma entrevista dele no El País que ele disse que a primeira vez que entrou no Municipal já era famoso e queria ter sido apresentado a grandeza daquele lugar ainda pequeno. Acho que teatro é isso, é portas abertas e não lugar para isso ou aquilo. Adorei as fotos.

    Aliás, menina Lunna estou adorando essa série de posts sobre São Paulo.
    bacio

  2. Com todo respeito, mas um teatro como o Municipal de São Paulo deveria ser palco para óperas, orquestras e balé. Não para esse Emicida, Pablo Vitar, entre outros “músicos”.
    Acho que é um lugar mais elitizado, para apresentações refinadas.
    Não tem a ver com massa e com esse tipo de público, de arte.

    Minha opinião é claro

  3. own. deve ter sido o show. Vou ver na netflix, com certeza.
    Nossa. Que tudo. E adorei as fotografias do Teatro. Acho que com h é grafia antiga, né?
    Adorei conhecer um pouco da história.

    beijaço

  4. Eu achei incrível a presença do Emicida no Municipal: absolutamente necessária a ocupação de um espaço cultural tão importante pela cultura popular. Se o teatro é da cidade, a cidade tem que estar no teatro, no palco e na plateia.

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: