[considerações para um dia nublado]

Eu gosto de gostar… estender a mão para um encaixe e ficar num abraço. De convidar à casa e pôr a mesa. Escolher o prato, o vinho. Servir o café… com biscoitos de leite que derretem na boca, às vezes, na mão — receita antiga que combina coco-trigo-amido-de-milho-e-manteiga.  Mas gosto imenso de não gostar porqueContinuar lendo “[considerações para um dia nublado]”

Lasagne rolls

Eu tenho uma amiga que tem uma coleção-antiga de livros de receitas, que ficam na cozinha: empilhados um por cima do outro. E ela tem um caderno de receitas e várias revistas de culinária. É comum ela me ligar — desesperada — porque alguma coisa deu errada na receita que ela resolveu experimentar. Sempre aconteceContinuar lendo “Lasagne rolls”

Pão de forma

O que eu gosto na cozinha é a alquimia… lembro-me dos meus olhos a admirar tanto a nonna quanto o mio babo entre ingredientes, combinando-os. Havia qualquer coisa de magia naqueles movimentos. Eu acompanhava tudo… da decisão do que seria feito, a escolha dos utensílios que seriam usados e dos ingredientes. E havia a maneiraContinuar lendo “Pão de forma”

Mangia Polenta!

Se tinha uma coisa que eu adorava na minha infância… Era quando a nonna preparava a polenta — comida tradicional do Norte da Itália, que substituiu o pão depois que o milho foi introduzido em nossa cultura, pelos espanhóis, por volta de 1942. Era mais barato, fácil de preparar e mais nutritivo. Às vezes, oContinuar lendo “Mangia Polenta!”

Receita de bolo…

Quando criança, uma das minhas atividades favoritas, era observar a nonna na cozinha a “bater a massa” de bolo na famosa tigela azul de louça. Ela tinha um ritual particular. Separava os ingredientes: trigo, ovos, açúcar, manteiga, leite e o fermento. Eu gostava imenso de ver as claras convertidas em neve… e enquanto ela misturavaContinuar lendo “Receita de bolo…”

Suflê de chocolate

Chocolate é sempre uma boa opção para dias frios-quentes-chuvosos… principalmente para dias em que corpo e alma estão exaustos e desconectados da realidade das coisas. Não quero pensar-reagir. Apenas o canto do sofá e um filme ingênuo dizendo cenas na Tv. E entre um diálogo ou outro… acontece aquela urgência gostosa por dentro. Vontade deContinuar lendo “Suflê de chocolate”

Bruschetta italiana? Pode servir…

Se tem uma coisa que eu gosto de preparar na cozinha, a qualquer momento-hora do dia… é uma boa e deliciosa bruschetta — prato típico das regiões do Lazio e de Abruzzo, na Itália. Brusciato significa tostado ou torrado. Mas bruschetta não é o único nome dado a famosa fatia de pão amanhecido bem tostadoContinuar lendo “Bruschetta italiana? Pode servir…”

Dia de ir as compras

Não gosto de ir ao supermercado para fazer compras — principalmente aos sábados, porque parece ser o dia favorito de pessoas estranhas — ávidas por cuidar da vida alheia ao fazer suas compras… sem listas e no menor tempo possível. As filas são quilométricas e a impaciência impera nos movimentos das figuras que empurram seusContinuar lendo “Dia de ir as compras”

É sempre verão por lá…

Existe um lugar na minha lembrança onde é sempre verão… e tem uma casa com seus cômodos grandes, o piso da cozinha é vermelho-chão e da sala e dos quartos são laminados de madeira que rangem ao passar dos passos. Tem um carrilhão preso no meio de uma parede que canta lá pelas oito daContinuar lendo “É sempre verão por lá…”

Domingo é dia de feira…

…hoje é domingo e, eu dei aos pés o sabor dos passos-largos pelas calçadas com seus desenhos de andar e fui à feira. Eu gosto imenso de transitar entre as cores e aromas que as barracas coloridas — armadas na rua dos pássaros — exibem. Provo da textura das frutas bem arrumadas numa —  singularContinuar lendo “Domingo é dia de feira…”