Um recorte antigo

Fotografei essa janela em uma manhã nublada em que peguei a câmera e saí para caminhar. Eu morava no Alto da Lapa — um bairro grudado em outros tantos bairros-vilas… coisa bastante comum. Eu tinha algumas trilhas que gostava de percorrer por lá. Uma delas me levava até a Biblioteca Cecília Meireles e seus arredoresContinuar lendo “Um recorte antigo”

tinha outra janela no meio do caminho

Nos primeiros anos em São Paulo… eu saia com uma câmera a tiracolo e, quando algo chamava a minha atenção, disparava o clique… Foram centenas de registros. Naqueles dias, eu precisava esperar alguns dias pelo resultado. Completar os rolos de filmes… removê-los da câmera e levá-los a um dos espaços para revelá-los. Lembro-me da surpresaContinuar lendo “tinha outra janela no meio do caminho”

uma velha casa no bairro

A primeira vez em que esbarrei nessa construção antiga foi num fim de tarde… eu gosto imenso de sair para caminhar para dar movimento aos meus pensamentos — o que permite escrever no ar, nas paredes do corpo… pontuando melhor as minhas futuras-frases. Essa casinha sobrevivente é uma das minhas paisagens favoritas… e não façoContinuar lendo “uma velha casa no bairro”

Theatro Municipal de São Paulo 

Um dos mais importantes Theatros do país foi construído porque o outro teatro da cidade — o São José — foi totalmente destruído por um incêndio, no ano de 1898.  O projeto ficou nas mãos do ilustre Ramos de Azevedo e dos italianos Cláudio e Domiziano Rossi. A construção teve início em 1903 e durou 8Continuar lendo “Theatro Municipal de São Paulo “

Casarão na Bela Vista

Quem me conhece sabe do enorme apreço que tenho por casarões antigos e quando os descubro no meio do passo… Empaco! Gasto um bom par de minutos a observar os detalhes que saltam para dentro dos meus olhos. Esse — da fotografia — eu descobri durante as minhas andanças pelo velho bairro da Bela Vista —Continuar lendo “Casarão na Bela Vista”

Teodoro… uma cidade literária

Depois de tatuar a palavra FIM na última linha do meu romance (lua de papel)… escrito em não sei quantos dias-semana-meses… anos (?) eu espalhei as páginas impressas e li… linha por linha. Sabia que ao fazê-lo, iria riscar-rabiscar-ralhar-reclamar e bufar pesado contra o que havia escrito. Eu tinha mais de mil páginas impressas eContinuar lendo “Teodoro… uma cidade literária”

Limites da civilização

Casa abandonaadaMoema – SP Ruínas urbanas2021 Veneziana Do lado de fora Parede Desbotando Ao sair para caminhar pelas ruas do bairro em que moro, sempre tenho em mente a frase de Ralph Waldo Emerson “a tentativa de exprimir uma verdade interior da percepção“… estou sempre atenta as possíveis geografias do lugar, prestando atenção na fachadaContinuar lendo “Limites da civilização”

Casarão abandonado em Higienópolis

Antigo casarão que pertenceu ao ex-presidente Rodrigues Alves Construído em estilo Art Nouveau em meados de 1910 É um típico palacete do período de ouro do café O casarão abrigou a Sede do Dops e da Polícia Federal entre 1965 a 2003 O casarão foi tombado em 2012 e leiloado recentemente Depois de meses semContinuar lendo “Casarão abandonado em Higienópolis”