Meus olhos de Traça

* Diferente da maçã envenenada… a dor incurável da inveja mata a prazo

* Lua Souza (estratosférica) Acordei e depois de recolher as coisas de ontem… Eu sou o tipo de pessoa que se espalha: livros, envelopes, folhas-avulsas, livros, xícaras. É a minha trilha de migalhas. No dia seguinte preciso recolher os rastros deixados por mim, no dia anterior. E, às vezes, acontece de encontrar algo interessante eContinuar lendo “* Diferente da maçã envenenada… a dor incurável da inveja mata a prazo”

* Como posso viver sem essa mulher que funciona como o meu espelho?

* Rozana Gastaldi Cominal (Mulheres que voam) Peguei um livro na prateleira pouco depois do almoço… “inéditos e dispersos”… de Ana Cristina Cesar que é uma figura múltipla. Sua poesia é a sua biografia… É a sua roupa suja, a mesa com restos das refeições feitas. É o corpo depois do sexo. A pele aContinuar lendo “* Como posso viver sem essa mulher que funciona como o meu espelho?”

Sobre mim

Sou sagitariana… degustadora de café e de livros. Figura canina e uma típica observadora de pássaros, paisagens, pessoas e lugares.
Escreve-me em prosa por apreciar a escrita em linha reta. Tenho fases como a lua… sendo a minguante a minha preferida! leia mais

Assine meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: