Certas manhãs de junho…

“Nunca existiu mais princípio do que este agora, nem mais juventude nem velhice do que esta agora; nem vai existir mais perfeição do que já existe agora, nem mais céu ou inferno do que existe agora”.Walt Whitman Hoje é dia de festa aqui porque aconteceu junho, que é o mês dele. Setenta e sete outonos,Continuar lendo “Certas manhãs de junho…”

34 — Quando a ausência de mim é presença em você

Cara F., Devo ter lhe dito que sou péssima com datas — não há viva alma que me conheça que não saiba desse fato. Sou uma criatura pontual para encontros e cafés, almoços e jantares que eu mesma preparo. Tenho rituais para receber amigos e manias que habitam os meus gestos. Mas sou péssima comContinuar lendo “34 — Quando a ausência de mim é presença em você”