os meus rituais de escrita

Uma das coisas mais difíceis na vida de um escritor é saber pontuar as histórias, atribuindo ritmo à narrativa. Uma das mais ingratas tarefas, sem dúvida, sendo superada apenas pelo desafio da folha em branco, que para muitos é intransponível. Eu considero o melhor momento… Adoro ver piscar o cursor no canto da tela doContinuar lendo “os meus rituais de escrita”