[considerações para um dia nublado]

Eu gosto de gostar… estender a mão para um encaixe e ficar num abraço. De convidar à casa e pôr a mesa. Escolher o prato, o vinho. Servir o café… com biscoitos de leite que derretem na boca, às vezes, na mão — receita antiga que combina coco-trigo-amido-de-milho-e-manteiga.  Mas gosto imenso de não gostar porqueContinuar lendo “[considerações para um dia nublado]”

O melhor dos prazeres: combinar ingredientes

“Esta é uma arte que aprecio. Existe uma espécie de feitiçaria em toda culinária (…). E é parcialmente a transitoriedade disso que me delicia; tanta preparação carinhosa, tanta arte e experiência colocada num prazer que pode durar apenas um momento, e que só uns poucos apreciarão plenamente.” Joanne Harris in Chocolate Eu cresci, no sentidoContinuar lendo “O melhor dos prazeres: combinar ingredientes”

Os ingredientes da minha vida…

 A vida é talvezuma rua comprida pela qual uma mulher segurandoum cesto passa todos os dias. Forough Farrokhzad Hoje pela manhã, ao abrir o armário da cozinha para pegar o pó de café, motivada pelo aroma peculiar — que ocupou toda a atmosfera — como num salto, fui arremessada para dentro dos dias vividos na casa daContinuar lendo “Os ingredientes da minha vida…”

27 — Pedras no caminho de ninguém

São Paulo, mais um ontem que vai longe… Meu caro, Hoje eu escrevo desse meu novo cenário… Cores e sombras se multiplicam pela paisagem. Estou gostando desse “retângulo” com móveis e tapete marrom na porta. Eu queria um vermelho, mas não consegui encontrar. E você sabe como tenho pouca — ou nenhuma — paciência paraContinuar lendo “27 — Pedras no caminho de ninguém”

6 on 6 | bonappetito

O que me agrada na cozinha são as relações que traçamos a medida que dispomos os ingredientes. Não importa se eu cozinho para um-dois-três ou mais. O instante em que defino o que farei… é o melhor dos momentos. Penso os pratos-talheres-corpos-taças… a mesa. As panelas que irei usar e os ingredientes — que gostoContinuar lendo “6 on 6 | bonappetito”