escrito por um homem

Nem precisei observar as minhas caixas de livro ou o meu baú para escrever esse texto. Mas o deixei para o fim da noite porque o dia foi longo e eu estava ocupada com o projeto de um livro, de poesias.Pensei ao longo do dia e suas horas desarticuladas, a pensar nos livros-lidos. Como jáContinuar lendo “escrito por um homem”

escrito por uma mulher

Eu tenho dez caixas de feira… cheias de livros e um baú artesanal. Fora os livros que espalho pelos cantos do apartamento. E ao observar os meus títulos todos — como eu já disse anteriormente, não sou uma colecionadora — fico imensamente satisfeita por dizer que, a maioria por aqui, são de Mulheres.Li muitos autoresContinuar lendo “escrito por uma mulher”

Minha última leitura…

Quando o seu trabalho envolve a leitura de manuscritos que podem ou não virar livros… o ato de ler ganha outro sentido-dimensão.Na semana que passou… li alguns manuscritos e um deles me pediu especial atenção, enquanto o outro, foi descartado. Na noite de sábado uma sequência de poemas chegaram a minha caixa de entrada eContinuar lendo “Minha última leitura…”