15 | o agosto seguinte… ao seu!

  Eu escrevo nesse agosto… o seguinte ao seu. Dois mil e dezenove, escrito por extenso porque é assim que preferimos e eu ainda não aprendi a gostar de números na forma-matemática de equações e cálculos insuportáveis… algo que dificilmente acontecerá. Por extenso parece que perdem a forma-idéia-formato, e faz parecer impossível a soma. EContinuar lendo “15 | o agosto seguinte… ao seu!”