6 ON 6  | Espaços em branco…

Desde a infância que eu adoro espaços em branco… a folha primeira do caderno, o bloco de notas ou a tela do Word com o seu cursor a piscar possiblidades. Nunca soube usar a expressão “deu branco”. O vazio mental não é algo que acontece em mim… Vez ou outra, o olhar trava em algumaContinuar lendo 6 ON 6  | Espaços em branco…

6 on 6 | Lembranças…

…se tem uma coisa antiga da qual sinto falta são dos velhos ‘álbuns de fotografias’. Havia algo mágico em esperar pela revelação dos rolos de filmes ‘kodak asa 100’, que vinham acondicionados em caixinhas amarelas pequenas, e podiam ter 12, 24 ou 36 exposições. As fotografias — depois de reveladas — eram entregues em umContinuar lendo “6 on 6 | Lembranças…”

6 ON 6 | A Rotina do meu dia

Eu costumava dizer que não suporto rotinas… mas, ao admirar meus movimentos de vida, percebi que minha realidade é como minha música favorita — ligada no repeat. Atualmente, vivo na companhia de Carly Simon… Saio para as ruas, percorro calçadas, escrevo notas mentais-textos futuros. Bebo café-chá-vinho e aprecio os cenários, as pessoas e espero peloContinuar lendo “6 ON 6 | A Rotina do meu dia”

6 ON 6 | JANELAS

Tenho verdadeiro fascínio por janelas… desde a infância. Creio que tudo começou por volta de meus quatro ou cinco anos, quando me deparava — ao sair as ruas — com duas signoras… devidamente posicionadas em suas janelas de existir. As duas irmãs tinham o hábito de tomar conta da vida alheia. C., tinha verdadeiro horror por elas.Continuar lendo “6 ON 6 | JANELAS”

6 ON 6 | MULHER

Desde que soube do tema que passei a apontar a lente de minha câmera para todos os lados, na incerteza do que registrar. Pensei a temática e sua cadência, senti o ritmo e as flutuações do caminho… e nada. Resolvi me orientar em palavras, antes de ir à caça. Ser mulher é quase uma filosofia…Continuar lendo “6 ON 6 | MULHER”