07 — Sou feita de trovões

Caríssima Ana, Pensava em tuas linhas quando ouvi o som de um trovão ressoar pelos cantos da casa-corpo-alma. Fechei os olhos, respirei fundo… e vesti a pele com um punhado de sensações novas e antigas — devidamente misturadas. A mente escapou e foi folhear as páginas do livro de Helder, em estado de repouso naContinuar lendo “07 — Sou feita de trovões”

Real ou imaginário?

Um dos temas que sempre rondaram a minha mente… antes mesmo de decidir me aventurar pelo universo da escrita — até por ser um assunto recorrente no mundo de onde vim — a psicologia —, é o limiar da tríade: real, fictício e imaginário. Nas pesquisas que fiz, encontrei uma tênue relação entre a loucuraContinuar lendo “Real ou imaginário?”