Os ingredientes da minha vida…

 A vida é talvezuma rua comprida pela qual uma mulher segurandoum cesto passa todos os dias. Forough Farrokhzad Hoje pela manhã, ao abrir o armário da cozinha para pegar o pó de café, motivada pelo aroma peculiar — que ocupou toda a atmosfera — como num salto, fui arremessada para dentro dos dias vividos na casa daContinuar lendo “Os ingredientes da minha vida…”

12 — O silêncio aumentou tanto que o relógio parou

Aqui, 31/10/21 Cara K., Aguardo pela meia-noite aqui na varanda… sinto os ventos frios sopram forte lá fora, em pleno outubro, que exibe seus últimos estranhos dias. Tudo voltou a ter a rapidez incômoda de antes. Pisca os olhos e começa o mês… pisca de novo e pronto: acabou… Prefiro vigiar as nuvens que dançamContinuar lendo “12 — O silêncio aumentou tanto que o relógio parou”