32 / 365… — outro capítulo…

Um grande escritor de ficção cria — por meio de atos de imaginação, por meio de uma linguagem que parece inevitável, por meio de formas vividas — um mundo novo, um mundo único, individual: e ao mesmo tempo reage a um mundo , o mundo que o escritor compartilha com outras pessoas, mas que éContinuar lendo “32 / 365… — outro capítulo…”