O que ando a ler | (in)versos

Eu não sei se nos conhecemos em junho… não me lembro. Nem tudo a memória guarda. Algumas coisas, mesmo que preciosas, perdem-se no vácuo de nossa existência. São os famosos espaços em branco que os poetas tanto gostam de preencher. E que sorte temos nós de haver poetas no mundo… Quando conheci Suzana Martins, elaContinuar lendo “O que ando a ler | (in)versos”

Leaves of Grass

na vitrolinha Quando menina, comecei a colecionar folhas… fomos caminhar e C., inventou uma brincadeira: tentar interromper a tragetória do voo de uma folha qualquer, antes que aterrissasse no chão. Claro que eu topei e passamos horas na praça, tentando agarrá-las. Foram muitos quases, mas nenhum sucesso. Nos divertimos horrores. Exaustas… deitamos na grama eContinuar lendo “Leaves of Grass”