em pequenos goles

Preparei uma xícara de chá e fui me sentar na varanda… para espiar os prédios e suas janelas, a rua sem movimento e algumas falas avulsas, soltas na imensidão do ar. Será um dia quente — disse em voz alta… e ouvi o celular espocar o som de alerta de mensagens. Era um e-mail deContinuar lendo “em pequenos goles”