6 on 6 | Quem sou eu?

Gastei uma hora bem cheia… pensei-pensei-pensei e posicionei o grafite no topo da página. Liguei o som na música favorito dos últimos dias se quiser ler com trilha sonora é só clicar aqui. Mas, aviso que falhamos miseravelmente: o grafite e eu!
Coloquei a chaleira no fogo… dei passos pelos cômodos. Em outros tempos teria saído para caminhar. Contei os passos da janela à cozinha enquanto tentava conduzir-me por esse horizonte de maneira a dizer qualquer coisa que traduzisse quem sou eu.
Depois de um pesado gole de chá e de espiar a paisagem no meio da tarde nublada, com promessas de chuva para mais tarde… rascunhei um diálogo para o meu eu-futuro. Tenho certeza que ao ler — depois de amanhã — irá se divertir com esse meu desassossego.

pequeno almoço

1 — sou uma figura estrangeira, movida por aromas — os da infância, principalmente. E quando criança não gostava de café. Não via graça alguma no liquido escuro-amargo — não entendia nada de acidez nessa época primeira. Mas adorava apreciar o nonno moer os grãos de café em sua engenhoca de ferro, presa à mesa da cozinha. Toda vez que tenho em mãos uma xícara de café — que hoje é minha bebida favorita —, volto para junto dele e falamos coisas nossas-menores-aconchegantes. Somos apenas nós dois…

T.S.Eliot books

2 — sou uma leitora compulsiva que não se dá mais ao trabalho de ler qualquer coisa e que vira a cabeça feito um cão — de um lado para o outro… apenas para descobrir o que o outro está a ler e, às vezes, se aborrece ao descobrir um livro que não merece um mísero olhar. Ignoro plenamente a figura humana ao lado. Cruzo os braços a frente do corpo e penso indelicadezas em outro idioma.

pão caseiro

3 — sou figura humana, impaciente e inquieta que se cansa facilmente das pessoas e seus diálogos vazios e antes que se aborreça… abandona tudo e vai para a cozinha: misturar ingredientes. Nada melhor que sovar a massa de pão ao som de uma música ligada no repeat para se esquecer do mundo e suas estranhas teorias da conspiração que se multiplicam de boca em boca na velocidade da luz. Pão recém-saído do forno, com manteiga é o melhor dos antídotos.

linha editorial

4 — eu sou um risco numa frase mal escrita  pronto, já tenho o meu epitáfio. Alguém que encomende a lápide. Eu sou uma persona descontente, eternamente insatisfeita e que prefere reticências à um ponto final — coisas definitivas me aborrecem. 

família nada tradicional brasileira

5 — sou uma criatura sem modos e indócil… dei de ombros para os que tentaram me ensinar como me comportar. Quando criança aprendi a remover os óculos para embaçar a visão e me divertir com a neblina que surgia em meus olhos. Ela não ouve diziam aborrecidos e eu lá exibindo meus sorrisos de ocasião. Eu tenho diversos sorrisos… uma verdadeira coleção. São minhas figurinhas preferidas  coladas num álbum particular para uso próprio.

Lunna Guedes


6 — sou uma personagem! Catarina nas horas impares. Lunna nas horas pares… e outras tantas nos quartos de horas. E, como meus ponteiros medem horas sou a que escreve! 


Ale Helga — Darlene ReginaLucas Buchinger
Mariana Gouveia — Obdulio Nuñes Ortega


Publicado por Lunna

É sagitariana... degustadora de café. Figura canina e uma típica observadora de pássaros. Paciência lhe falta desde a infância. Mas sobra-lhe sarcasmos para todas as coisas da vida que fazem mais barulhos que cigarras nos troncos das árvores. Aprecia o silêncio e falas cheias. As que se repetem com facilidade de boca em boca despreza... Lacaniana por opção.... E completamente apaixonada por mulheres que usam a escrita como uma navalha afiada que corta enquanto é carne. Escreve à noite e reescreve pelas manhãs. Gosta de calçadas e corujas. Anda sozinha ou acompanhada, tudo depende da fase... minguante é a sua preferida!

10 comentários em “6 on 6 | Quem sou eu?

  1. E eu sou sua fã…também amo café e fico tentando ver o que outro esta lendo…tentei fazer pão mas não rolou…
    Abraços

  2. Adorei, tá? Mas faltou coisas aí. Faltou que eu sei. Li vários diários e sei que é uma tempestade sonora com raios e trovões na última hora sempre. Há também sei que é silêncio no breu e sombra na tarde. Sei mais coisas. Sei sim
    Mas adorei o post. Eu adoro esse 6 on 6. Adoro mesmo. Fico só na espera para ver o que vem.

  3. Li seu texto com a trilha sonora que indicou. Deliciosos sons, palavras, aroma de café que invade a casa apenas pela leitura. Estranho, eu também não apreciava o café quando era criança – O hábito me veio já adulta. Post delicioso!

    Beijos

  4. Que lindo, Lunna! Eu fico encantada com as imagens e as palavras. Sons e momentos!
    Com certeza pão recém-saído do forno, com manteiga é o melhor dos antídotos, me identifiquei muito…

    Bacio

  5. Eu sempre digo que adoro seus posts 6 on 6 porque acho muito bom ler as entrelinhas de cada foto. Gosto também de olhar a foto, criar minha percepção inicial e depois notar que, na maioria das vezes, minha percepção não tem quase nada a ver com as linhas que a acompanham. A pergunta título “quem sou eu?” é uma questão que há tempos venho tentando responder e quando acho que consegui… puf! A resposta já parece errada. Enfim, gostei de saber mais quem é você através dessa meia dúzia de fotos e achei a música da trilha sonora bem gostosinha de ouvir.

  6. É bom termos nosso lado personagem nas horas certas, pois às vezes eles nos ajudam em determinados momentos. Gostei de conhecer quem é Lunna/Catarina uma pessoa que tem o talento da escrita.

    Bacio

  7. Eu odiava café quando era pequeno, quando tomava minha boca ficava amarga e eu tinha vontade de vomitar hahahhaha hoje me dia não vivo sem! É uma das minhas bebidas favoritas. Amei saber mais sobre você, Lunna! O post em um geral está maravilhoso

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: