6 on 6 | Recortes urbanos

Cada um de nós inventa uma cidade, mas ninguém se dá conta disso no dia a dia, no vai e vem. Achamos que a cidade nos recebe, mas somos nós que a recebemos e a fazemos dela o que é. Por isso o caos impera em qualquer direção.

Minha cidade é um eterno rascunho feito dentro dos dias… observo as fachadas dos prédios e casas, as ruas, alamedas e avenidas por onde o meu passo avança enquanto tracejo o meu mapa particular. Uma coisa aqui e outra ali. Há sempre um transeunte atrasado que o cão arrasta por aí. Outros que se perderam — como eu –, dos mecanismos de vida.

E à noite… me encarrego de passar a limpo todas as emoções que acumulo.

1 – Gosto imenso de ir as ruas nos fins de tarde, depois das chuvas; para ver a cidade nas poças, que na infância, eu costumava pisar-pular…

2 – Aqui em São Paulo… os prédios além da iluminação, exibe um emaranhado de fios que poluí a paisagem urbana e também a caracteriza…

3 – Vez ou outra… me distraio com as nuvens e suas formas surrealistas um ambiente que não se sabe contemporâneo ou de vanguarda, antigo ou moderno. Cidades são como nuvens… cada um enxerga o que seu imaginário inventa.

4 – Um dos meus recortes favoritos nas cidades são os parques-praças e seus balanços. Gosto imenso dos que são feitos de madeiras e ficam lá em suspenso, sustentados por correntes, a flutuar na imensidão do ar-lugar…

5 – As cidades se reinventam porque se perdem de seus muitos ontens para ser um futuro impossível. Há quem reclame… eu confesso que me encanto. Adoro ver ruínas de casas-prédios. Imagino o que era… despeço-me e inauguro a espera…

6 – Essa fachada eu fotografei um dia antes da demolição. Me encantei com as janelas pregadas por fora e a a massa a desgrudar dos tijolos. O telhado estava comprometido… era a última construção do terreno, limpo para uma nova construção: um anexo do hospital A.CCamargo, que se espelha como o câncer que eles combatem…


Darlene ReginaMariana GouveiaObdulio Nuñes Ortega

Publicado por Lunna

É sagitariana... degustadora de café. Figura canina e uma típica observadora de pássaros. Paciência lhe falta desde a infância. Mas sobra-lhe sarcasmos para todas as coisas da vida que fazem mais barulhos que cigarras nos troncos das árvores. Aprecia o silêncio e falas cheias. As que se repetem com facilidade de boca em boca despreza... Lacaniana por opção.... E completamente apaixonada por mulheres que usam a escrita como uma navalha afiada que corta enquanto é carne. Escreve à noite e reescreve pelas manhãs. Gosta de calçadas e corujas. Anda sozinha ou acompanhada, tudo depende da fase... minguante é a sua preferida!

6 comentários em “6 on 6 | Recortes urbanos

  1. Acho que comentei aqui faz pouco tempo que o seu olhar da cidade de São Paulo me faz vê-la com outros olhos, Lunna. É assim com seus textos e não seria diferente com as fotografias. A última foto foi a que mais gostei e me deu uma pontinha de tristeza saber que a casa foi demolida. Casas e prédios antigos sempre me encantam e sempre lamento quando um deles dá lugar a um prédio de apartamentos novo e brilhante, mas totalmente sem charme e sem história. Isso é uma realidade até aqui na minha cidadezinha do interior. Aliás, os postes e fios que também são característicos por aqui, é quase impossível tirar uma foto do céu sem que eles apareçam. Adorei as fotos, como sempre.

  2. Quantas fotos incríveis! Amo fotografia em ambientes urbanos, e estou com saudades de ir para a rua para fotografar. Nessa época do ano, com o tempo nublado, as poças de água da chuva e as paredes úmidas, tudo ganha um ar diferente… E esse post me deu um quentinho no coração ao pensar em tudo isso ❤

Pronto para o diálogo? Eu estou (sempre)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: